Líderes de facções que ordenaram ataques em cidades da Bahia vão para presídio de Brumado

Os acusados planejavam tiroteios em Salvador e no interior do estado.

Publicado em 09/03/2023 - às 16:57
Por Redação | Jornal Conquista
Foto: Alberto Maraux/SSP-BA

Na última quarta-feira (08), 24 presidiários foram transferidos para a penitenciária de Brumado. Desde outubro do ano passado, os acusados eram investigados por determinarem ataques de tiro à capital e a cidades do interior. 

A apuração está sendo feita pelos Departamentos de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), de Repressão e Combate ao Crime Organizado (Draco) e de Polícia do Interior (Depin) da Polícia Civil. Já as Secretarias da Segurança Pública (SSP) e de Administração Penitenciária (Seap) foram as responsáveis por coordenar a megaoperação de combate ao crime organizado e, depois de meses de cruzamento de dados interagências, conseguiram identificar as lideranças criminosas que continuavam comandando o crime fora das unidades prisionais. 

De acordo com levantamentos, os presidiários continuavam intramuros comandando o crime fora das penitenciárias. Antes de serem transferidos, eles se encontravam em custódia nos municípios de Salvador, Lauro de Freitas, Feira de Santana, Itabuna, Eunápolis e Jequié, e são acusados de delitos como roubo a banco, tráfico de drogas, homicídio, estupro, corrupção de menores, entre outros. 

O secretário da Segurança Pública, Marcelo Werner, reforçou que esse trabalho faz parte de mais uma operação de combate ao crime organizado. “São mais de duas toneladas de drogas apreendidas e cerca de 1.300 criminosos capturados, em 2023”, reforça ele. 

Clique no botão abaixo para entrar no grupo
Entre no grupo de notícias Jornal Conquista
Siga o Jornal Conquista no Instagram
Seguir no Instagram