Alunos da rede estadual são aprovados para medicina e outros cursos pelo SISU 2023

Estudantes vindos de escolas públicas que receberam a classificação do Sisu (Sistema de Seleção Unificada) 2023, no dia 28 de fevereiro, comemoram as vagas conquistadas em universidades públicas e federais.

Publicado em 08/03/2023 - às 17:06
Por Redação | Jornal Conquista

Estudantes vindos de escolas públicas que receberam a classificação do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2023, no dia 28 de fevereiro, comemoram as vagas conquistadas em universidades públicas e federais pela suas classificações com a nota do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio). Eles irão ingressar em diversos cursos do seus sonhos, alguns exemplos são  Medicina, Ciência Contábeis e Gestão Pública.

Helbert Almeida, 18 anos, é um dos estudantes da rede estadual de ensino que comemora a aprovação em primeiro lugar no curso de medicina, na Universidade Estadual da Bahia (UNEB). Ele concluiu o ensino médio no Colégio Estadual Olgarina Pitangueira Pinheiro, no município de Conceição do Coité. 

Filho de pai pedreiro e mãe caixa de estabelecimento comercial, residentes no povoado do Sossego, município de Conceição do Coité, Helbert pretende atuar na medicina da maneira “mais humana possível, a fim de cuidar de pessoas e não de tratar doenças apenas”, conta. 

Em 2020, no início da pandemia de coronavírus, Helbert e seus colegas tiveram que se adaptar às realidades do processo de aprendizado online. Da adoção do ensino semipresencial em 2021 até a prova do ENEM, o aluno estuda utilizando as ferramentas disponíveis ao seu alcance, como cursinhos online e aulas de professores no Youtube, focado em seu desejo de cursar medicina em uma universidade pública.

Ele fala como se sente com a aprovação: “Independentemente de ter ficado em primeiro lugar na lista dos aprovados, ter sido aprovado significou a realização de um sonho que tenho já há alguns anos. Foi a consolidação de um projeto construído ao lado de familiares, amigos e professores. A sensação de ter obtido este resultado, depois de três anos de estudo, me emocionou de uma forma que eu ainda não conhecia”.

Miqueias Rodrigues de Lacerda, 19 anos, também foi aprovado em Medicina, na Universidade Federal do Vale do São Francisco (UNIVASF). Vindo do Colégio Estadual Doutor Ives Orlando Lopes da Silva, no município de Campo Alegre de Lourdes, o estudante dedicava muitas horas do seu dia com o foco na aprovação no curso, contou também com o apoio emocional da família para conseguir realizar esse objetivo.

Miqueias diz que ninguém imagina a força de vontade que precisou ter para alcançar seu objetivo, o estudante revela ter feito 980 pontos na redação do ENEM. “Quando saiu o resultado do ENEM, pelo meu resultado, vi que teria chances no SISU, mas ainda tinha aquela dúvida de não ter sido suficiente. Coloquei minha nota e, para minha surpresa, durante as parciais sempre estive dentro das vagas. Mesmo assim, ainda temia uma mudança no último dia. No final deu tudo certo e o momento que ouvi os ‘parabéns, você foi selecionado na chamada regular’ foi um momento único e marcante na minha vida”.

Ângela de Jesus Santos,18 anos, aprovada em Gestão Pública na Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), disse que ingressar em uma universidade federal irar mudar a sua vida. “Esta vitória é fruto de muita dedicação. Sou muito grata ao ENEM e SISU, pois sem esses processos seletivos não conseguiria ser aprovada. Eu me dediquei bastante, revisei questões de outras edições e estudei sobre diversos temas de redação, além de ter assistido a videoaulas. Confesso que, apesar dos meus esforços, não esperava ser aprovada”, comemora.

Outro estudante que conseguiu entrar em uma universidade federal foi Helton Souza dos Santos, 17 anos, que veio da rede estadual do distrito de Stela Dubois, no município de Jaguaquara, passou para estudar Ciências Contábeis na Universidade Federal da Bahia (UFBA). “Passar na UFBA foi uma conquista muito grande, uma recompensa por toda dedicação e esforço que tive e uma sensação de dever cumprido. O SISU teve grande importância para essa conquista, pois abriu portas para que eu e outras pessoas conseguíssemos realizar este sonho. Minha preparação veio desde o início do Ensino Médio, sempre focado no ENEM. Quando o resultado do exame veio e vi que tinha alcançado 940 pontos na redação, fiquei muito feliz. Pretendo me formar em contador para, depois, com mais experiência, eu possa utilizar meus conhecimentos na montagem do meu próprio negócio”.

Clique no botão abaixo para entrar no grupo
Entre no grupo de notícias Jornal Conquista
Siga o Jornal Conquista no Instagram
Seguir no Instagram