Registros de mortes violentas na Bahia têm redução de 4,5% durante o segundo semestre de 2022

Em comparação com a segunda metade de 2021, no ano passado cerca de 119 vidas foram preservadas no estado.

Publicado em 08/03/2023 - às 16:58
Por Redação | Jornal Conquista
Foto: Divulgação/SSP-BA

Os dados foram publicados no Diário Oficial do Estado da última terça-feira (07). De acordo com a análise, a quantidade de mortes violentas passou de 2.636 casos para 2.517. Os dados devem funcionar como critério para o pagamento do Prêmio por Desempenho Policial, que são entregues às unidades que conseguem atingir a meta de 6% de decréscimo.

A pesquisa acontece a partir da divisão do estado em 10 Regiões Integradas de Segurança Pública (Risp) e, cada uma delas, em Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisp). No total, a Região Metropolitana de Salvador (RMS) alcançou a maior redução, com queda de 27,8%, tendo seu número de casos registrados caído de 327 para 236. Já a Risp/Central, que corresponde à zona de Salvador, ficou como a segunda região a apresentar uma maior redução nos registros, passando de 200 para 151. 

Dentro das Áreas Integradas de Segurança Pública, a Aisp/Cajazeiras registrou a maior queda de mortes violentas no estado ao passar de 65 para 33 casos, seguida da Aisp/Camaçari, que passou de 108 para 82 registros, possuindo 26 ocorrências a menos.

De acordo com o secretário de Segurança Pública, Marcelo Werner, os números são resultado de muito empenho de toda a equipe policial do estado, que deve dar continuidade no esforço diário de garantir cada vez mais segurança à população baiana. “A SSP está aplicando todos os recursos para que esses índices continuem caindo neste primeiro semestre de 2023”, reforça ele.

Clique no botão abaixo para entrar no grupo
Entre no grupo de notícias Jornal Conquista
Siga o Jornal Conquista no Instagram
Seguir no Instagram